Federação Catarinense de Motociclismo

Após duas etapas, Riffel Motocross
chega equilibrado a São José
Texto: Reportagem FCM - Fotos: arquivo FCM - Gerson Coas

Marcello "Ratinho" Lima (MX1 e MX2)

Milton "Chumbinho" Becker (MX3)

Mirko dos Santos (MX4)

Samuel Pacheco (intermediária)

Eduardo Rosing (nacional)

O Riffel Motocross – Campeonato Catarinense chega a sua terceira etapa neste final de semana, 31 de julho e 1 de agosto, na tradicional pista do motódromo Pedra Branca (Potecas), na cidade de São José, na Grande Florianópolis.

Marcello “Ratinho” Lima, Milton “Chumbinho” Becker, Mirko dos Santos, Samuel Pacheco, Eduardo Rosing, Rodrigo Riffel, José Brayan e Thiago Brenner são os líderes do campeonato e chegam a terceira etapa com a missão de permanecer na ponta da tabela.

O atual campeão catarinense Marcello “Ratinho” Lima é o líder das duas principais categorias da competição, a MX1 e MX2. Na MX1, Ratinho está em busca do bicampeonato e lidera a categoria com 47 pontos, nove a mais que o vice-líder, Anderson Cidade, que nesta terceira etapa terá a vantagem de correr em casa. Dudu Lima é o terceiro colocado, com 36 pontos. João Paulo Feltz e Gabriel Gentil completam os cinco primeiros colocados, com 33 e 30 pontos, respectivamente.

Já na MX2 a pontuação está mais equilibrada. A vantagem de Ratinho para o vice-líder João Paulo Feltz é de apenas um ponto. Marcelo Maziero e Dudu Lima estão empatados na terceira colocação com 32 pontos cada. Pelo critério de desempate, Maziero leva vantagem por terminar a etapa de Tubarão melhor colocado. Apenas um ponto atrás de Maziero e Dudu está Leandro Smakovicz, na quinta posição.

Com duas vitórias em duas etapas disputadas, Milton “Chumbinho” Becker lidera a categoria MX3 com 50 pontos. Mas a classe pode conhecer um novo líder na etapa de São José, já que Chumbinho se recupera de uma cirurgia após sofrer um acidente durante os treinos no final do mês de junho e é dúvida para esta etapa. O vice-líder da categoria é Erivelto Nicoladelli que soma 44 pontos. Richard Berois é o terceiro colocado com 38 pontos.

A classe MX4 tem como líder Mirko dos Santos. O piloto de Navegantes soma 44 pontos, oito a mais que o segundo colocado Marcos Roberto Holtmann. Moacir Silveira Júnior é o terceiro com 33 pontos.

Samuel Pacheco lidera a classe intermediária com 45 pontos e cinco de vantagem para o vice-líder da categoria, Venício Voigt. Luis Felipe Claudino é o terceiro colocado com 38 pontos.

A categoria nacional tem como líder Eduardo Rosing com 47 pontos. Logo atrás está Vinicius Nalin, vice-líder, com 42 pontos. Ricardo Kades é o terceiro colocado com 36 pontos, um a mais que Preslei de Carli, quarto colocado. Osmar Mosimann Neto ocupa a quinta posição com 32 pontos.

Rodrigo Riffel lidera a 85cc com 12 pontos de vantagem para Luciano Oriano Júnior, vice-líder. Somando 34 pontos, um a menos que Luciano, está José Brayan, terceiro colocado na classificação.

Além de ser o terceiro colocado na classe 85cc, José Brayan lidera a 65cc, com 50 pontos. Leonardo de Souza é o vice-líder com 42 pontos e João Gabriel da Veiga é o terceiro colocado com 34 pontos.

Na 55cc, Thiago Brenner lidera com duas vitórias e 50 pontos conquistados. Antony Maso é o vice-líder com 44 pontos e Bernardo de Moura Zappellini tem 38 pontos e ocupa a terceira colocação.

Inscrições

As inscrições para a terceira etapa do Riffel Motocross, em São José, já estão abertas. Os pilotos interessados poderão fazer as inscrições antecipadamente e com desconto até às 18 horas de sexta-feira, 30, no site da FCM. No sábado, 31, as inscrições poderão ser feitas na secretaria de prova. Clique aqui e faça sua inscrição.

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.