Federação Catarinense de Motociclismo

Quinta etapa do Brasileiro de Motocross
teve programação alterada
Texto e fotos: Divulgação

Largada MX2

 

No último final de semana (04 e 05), aconteceu em Tupaciguara (MG) a quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross. No evento, apenas algumas categorias tiveram treinos e baterias.

Os treinos foram realizados no sábado para as catergorias MX1, MX2, MX2JR, MX3, MX4 e MX5. Apenas as primeiras baterias das categorias MX1, MX2, MX2JR aconteceram no domingo. A MX3 teve a prova realizada no sábado.  

Devido a chuva do dia 04, a equipe da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) após fazer uma avaliação da pista no domingo, decidiu por transferir as provas das categorias Junior para a etapa de Campo Grande e MX4 e MX5 para a de Charqueada.

Principais categorias tiveram provas realizadas e catarinenses na liderança

Na MX2, Pedro Bueno foi o vencedor. A largada foi muito embolada, mas não demorou para João Ribeiro pressionar Gustavo Pessoa, e logo assumir a segunda posição. Depois, Ribeiro já foi para cima de Bueno e conquistou a primeira colocação da disputa.

Durante a prova houveram muitas quedas, já que o traçado ainda estava bem pesado por conta da chuva constante. Pessoa foi um dos que caiu e demorou para se recuperar e com isso, acabou sendo ultrapassado por Fábio dos Santos, que não tinha feito uma boa largada e acabou conquistando boas posições. Bueno aproveitou um erro de Ribeiro e assumiu a ponta novamente até cruzar a chegada. Santos passou em segundo e Caio Lopes em terceiro.


Pedro Bueno

 

Na MX1, a prova também teve muitas quedas e mudanças de posições. Jetro Salazar e Marcelo Lima caíram na largada e Eduardo Lima saiu na frente, mas Jean Ramos logo assumiu a liderança da prova. Eduardo voltou na quarta colocação após sofrer uma queda e perder posições para Paulo Alberto e Hector Assunção, que abandonaram a corrida logo em seguida.

Carlos Campano e Lucas Dunka tiveram uma boa briga pela segunda colocação, mas Dunka levou a melhor. No final da prova, Campano também teve problemas com a moto, mas ainda conquistou a quarta colocação. Salazar teve problemas e quase abandonou a disputa, mas conseguiu voltar para a prova e terminou na quinta colocação. Ramos se manteve na frente durante toda a bateria e conquistou a vitória.

Na MX3, Erivelto Nicoladelli ficou em sexto lugar.

A classificação do campeonato pode ser acessada aqui. 

A próxima etapa acontece em Campo Grande, nos dias 25 e 26 de novembro. 

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.