Federação Catarinense de Motociclismo

Final de semana com grandes disputas
no Riffel Motocross, em Brusque
Texto: Bárbara Sales - Fotos: Gerson Coas

Largada categoria MX2

Milton e Elton Becker (MX3)

Wagner Oliveira e Pietro Pimentel (50cc)

Maicon Kraemer e Maicon Frena (Intermediária)

Rodrigo Riffel (65cc)

Marcelo Ratinho (MX2)

Gabriel Gentil (MX2)

Tauan Brenner (85cc)

Vinícius Nalin (Nacional 230cc)

Ramon França(Nacional)

Ratinho e Marronzinho (MX1)

Gabriel Gentil (MX1)

A cidade de Brusque recebeu nesse domingo, 21, no motódromo Colina Verde, as provas válidas pela quarta etapa do Riffel Motocross – Campeonato Catarinense.

Pela ordem, confira como foram as disputas desse domingo:

MX3
Já na largada Erivelto Nicoladelli assumiu a ponta com Alexandre Martins em segundo e Milton “Chumbinho” Becker em terceiro. Elton Becker, líder do campeonato, largou na quarta posição. Nicoladelli liderou até a nona volta, quando as posições começaram a mudar. Tudo começou com Elton ultrapassando Chumbo na terceira volta. Na sexta volta Chumbo se recuperou e voltou para a terceira posição. Na nona volta Chumbo ultrapassou Alexandre Martins e em seguida assumiu a primeira posição com Elton em segundo. Quando todos pensavam que a vitória seria de Chumbo, eis que vem a surpresa: na última volta, Chumbo cedeu a primeira posição para o seu irmão Elton ficar com os 25 pontos da vitória.


“Eu fiz uma boa largada, mas a minha moto era uma 250cc então eu tinha dificuldade na subida, mas nas curvas eu ia bem e conseguia me recuperar. Foi uma boa prova, os méritos são meus por que eu fiz uma ótima corrida e também do meu irmão que me cedeu a vitória e deu a oportunidade pra eu vencer e continuar na liderança do campeonato com uma vantagem ainda maior”, falou Elton.

50cc
Os garotos da 50cc também levantaram o público. O líder Pietro Pimentel largou na ponta e foi pressionado durante toda a prova por Wagner Oliveira, que largou em terceiro, mas já na segunda volta assumiu a segunda colocação. Pietro liderou até a nona volta quando não resistiu à pressão de Wagner que assumiu a liderança e administrou até o final, vencendo a sua primeira prova no Catarinense de Motocross.

“Larguei em terceiro e logo assumi a segunda colocação, pressionei o primeiro por que percebi que ele estava errando muito, daí na curva de chegada ultrapassei e só administrei. Estou muito feliz por que essa é a minha primeira vitória no campeonato. Quero agradecer muito meus pais que sempre me incentivam e também os meus patrocinadores”, disse.

Intermediária
A intermediária foi uma disputa entre o líder do campeonato Maicon Kraemer e o piloto da casa, Maicon Frena.
Na largada, Frena com o apoio de toda a torcida saiu na frente com Maicon Kraemer pressionando em segundo. Na terceira volta Frena não suportou a pressão e Kraemer assumiu a ponta. O piloto da casa foi para cima, mas Kraemer não se rendeu e só administrou a vitória, ampliando sua vantagem na liderança do campeonato.

“Larguei em segundo, o piloto da casa era o primeiro e então isso dificultou um pouco, mas fiz uma corrida concentrada eu precisava desta vitória para ampliar minha vantagem no campeonato. Foi uma grande disputa, o público vibrava com o Frena e isso dava mais vontade de ultrapassar e vencer”, comentou Kraemer.

65cc
O líder do Catarinense e também do Brasileiro de Motocross, Rodrigo Riffel, foi absoluto em Brusque. Rodrigo largou na primeira posição, se distanciou do segundo colocado José Brayan, e se manteve na liderança da prova com tranqüilidade até a última volta, fazendo uma corrida de administração. “Larguei bem, em primeiro e já comecei a abrir uma distância e administrar. Esta é a minha quarta vitória no campeonato, estou muito feliz e espero continuar mantendo esses bons resultados”, falou.

MX2
Marcello Lima, o Ratinho, que passou a correr na MX2 na etapa passada, venceu novamente. Rato saiu na frente na largada, mas logo o líder do campeonato Gabriel Gentil assumiu a ponta. Rato pressionou e já na segunda volta ultrapassou Gabriel, abrindo uma grande vantagem. “Comecei bem a prova, logo no início assumi a ponta e consegui impor um ritmo forte até o final da prova”, comentou Ratinho. Gabriel terminou em segundo, pouco a frente de Leandro Smakovicz, que foi consistente do início ao fim.

Outra grande disputa foi entre Dudu Lima e Victor Feltz. Dudu começou entre os primeiros, mas na terceira volta sofreu uma queda e caiu para a última posição. O piloto fez uma prova de recuperação e conseguiu chegar na sexta colocação. Faltando quatro voltas para o final Dudu passou Maicon Frena que estava em quinto e foi para cima de Victor Feltz que segurou e não deixou Dudu passar, terminando a prova na quinta colocação.

85cc
Tauan Brenner, líder do campeonato, dessa vez venceu com facilidade e ampliou sua vantagem na tabela. “Larguei em segundo, mas quando fechei a curva já estava em primeiro daí eu só administrei. Correr na intermediária me ajudou bastante por que eu já estava com reconhecimento de pista e a moto encaixava direitinho”, contou. Hallex Dalvofo ficou em segundo, longe da briga de Venício Voigt e Gustavo Henn que valia a terceira colocação.

Nacional e Nacional 230cc
Na classe Nacional, o líder Ramon França largou em primeiro e se manteve nesta posição, ampliando sua vantagem no campeonato. Fábio Lana, representante de Brusque na categoria ficou com a terceira posição.

Já na Nacional 230cc, o piloto da casa e líder do campeonato, Osmar Mosimann Neto largou na primeira colocação, mas sofreu uma queda ao completar a segunda volta e caiu para a última posição. Vinícius Nalin assumiu a ponta e administrou a prova. Osmar reagiu e veio recuperando posições até que na última volta ultrapassou Carlos Machado e recebeu a bandeirada na segunda colocação.

MX1
Mais uma corrida de tirar o fôlego. Marcelo “Ratinho” e João “Marronzinho” travaram mais uma bela disputa para o delírio do público. Ratinho largou na frente com Marronzinho logo atrás, pressionando. Os dois andaram colados até a nona volta, quando na curva de chegada, a moto de Marronzinho morreu deixando Ratinho livre para se distanciar e só administrar. Marrom caiu para a quarta posição e faltando duas voltas para o final ultrapassou Gabriel Gentil e recuperou o segundo lugar.

“Fiz uma boa largada e isso me ajudou a conseguir o primeiro lugar. Foi uma disputa legal no início entre eu e o Marrom, infelizmente ele acabou errando e eu abri uma vantagem grande e só administrei. Estou muito feliz”, comemorou.

“Eu não fiz uma boa largada, não consegui sair na frente, a pista mudou muito dos treinos para a prova e eu sai em perseguição ao Ratinho, senti que estava bem, mas deixei a moto morrer na curva da chegada e acabei perdendo algumas posições. Achei que não ia conseguir me recuperar, mas felizmente deu tudo certo e eu ainda consegui o segundo lugar”, falou Marrom.

 A quarta etapa do Riffel Motocross foi uma realização de José Frena com o apoio da Prefeitura de Brusque, Babalú Auto Peças, MH Tinturaria, Mega Motos revenda Honda, WR estruturas metálicas e retífica de motores Bononomi com supervisão da Federação Catarinense de Motociclismo – FCM.


Confira os cinco primeiros colocados de cada categoria:

Categoria MX1
1º) Marcello Lima
2º) João Marronzinho Jr
3º) Gabriel Gentil
4º) Luiz Henrique Zimmermann
5º) Milton Becker

Categoria MX2
1º) Marcello Lima
2º) Gabriel Gentil
3º) Leandro Smakovicz
4º) Victor Feltz
5º) Eduardo Ferreira Lima

Categoria MX3
1º) Elton Becker
2º) Milton Becker
3º) Erivelto Nicoladelli
4º) Alexandro Martins
5º) Anisio Clasen

Categoria Intermediária
1º) Maicon Júnior Kraemer
2º) Maicon Frena
3º) Victor Feltz
4º) Eduardo de Lavi
5º) Luzenir Jose Cardoso

Categoria Nacional
1º) Ramon França
2º) Jailson Silva
3º) Fabio Lana

Categoria Nacional 230cc 4T
1º) Vinicius Nalin
2º) Osmar Mosimann Neto
3º) Carlos Machado
4º) Anderson Luis Robl
5º) Vicente Koch

Categoria 85cc
1º) Tauan Brenner
2º) Hallex Dalfovo
3º) Venicio Voigt
4º) Gustavo Henrique Henn
5º) Northon Carvalho

Categoria 65cc
1º) Rodrigo Riffel
2º) José Brayan
3º) Luciano Oriano Jr
4º) Leonardo de Souza
5º) Rodrigo Montagna

Categoria 50cc
1º) Wagner da Silva Oliveira
2º) Pietro Grazik Pimentel
3º) Thiago Brenner
4º) Antony Maso
5º) Bernardo Zappellini

Confira a classificação geral

Categoria MX1
1º) Marcello Lima - 100 pts
2º) Gabriel Gentil - 86 pts
3º) Luiz Henrique Zimmermann - 66 pts
4º) Leandro Smakovicz - 60 pts
5º) Richard Berois - 49 pts

Categoria MX2
1º) Gabriel Gentil - 89 pts
2º) Leandro Smakovicz - 72 pts
3º) Eduardo Ferreira Lima - 60 pts
4º) Tiago Hort - 56 pts
5º) Felipe Mallon - 54 pts

Categoria MX3
1º) Elton Becker - 95 pts
2º) Erivelto Nicoladelli - 69 pts
3º) Anisio Clasen - 62 pts
4º) Eliseu Glanert - 60 pts
5º) Carlos Eduardo Coelho - 53 pts

Categoria Intermediária
1º) Maicon Júnior Kraemer - 92 pts
2º) Victor Feltz - 82 pts
3º) Maicon Frena - 81 pts
4º) Samuel Pacheco - 60 pts
5º) Luzenir Jose Cardoso - 56 pts

Categoria Nacional
1º) Ramon França - 86 pts
2º) Fabio Lana - 66 pts
3º) Jailson Silva - 58 pts
4º) Felipe Alves Legarrea - 58 pts
5º) Paulo Krutzsch Jr - 48 pts

Categoria Nacional 230cc 4T
1º) Osmar Mosimann Neto - 87 pts
2º) Carlos Machado - 82 pts
3º) Anderson Luis Robl - 67 pts
4º) Edinilson Batista - 50 pts
5º) Vicente Koch - 18 pts

Categoria 85cc
1º) Tauan Brenner - 94 pts
2º) Hallex Dalfovo - 84 pts
3º) Venicio Voigt - 83 pts
4º) Gustavo Henrique Henn - 76 pts
5º) Northon Carvalho - 66 pts

Categoria 65cc
1º) Rodrigo Riffel - 100 pts
2º) Bruno Couto - 67 pts
3º) Luciano Oriano Jr - 66 pts
4º) Kaue Vieira - 66 pts
5º) Rodrigo Montagna - 60 pts

Categoria 50cc
1º) Pietro Grazik Pimentel - 97 pts
2º) Wagner da Silva Oliveira - 89 pts
3º) Thiago Brenner - 74 pts
4º) Igor Matte Farias - 62 pts
5º) Bernardo Zappellini - 60 pts

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.