Federação Catarinense de Motociclismo

Segunda etapa do Brasileiro de Motocross
promete grandes disputas em Canelinha
Texto: Reportagem FCM - Fotos: Divulgação

Leandro Silva, MX1 (foto Luiz Pires/VipComm)

Wellington Garcia, segundo na MX1 e líder da MX2 (foto Luiz Pires/VipComm)

Marronzinho conta com a torcida local para vencer (foto Valdinei Caetano)

Swian Zanoni é o segundo colocado na MX2 (foto Luiz Pires/VipComm)

Pipo Castro foi terceiro no seu retorno à MX2 (foto Maurício Arruda - Moto X)

A segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross que acontece neste final de semana, 25 e 26 de abril na cidade de Canelinha promete ter muita emoção e grandes disputas. Os pilotos que venceram a primeira etapa em Indaiatuba vão com tudo para o Motódromo Arthur Jachovicz na tentativa de ampliar a vantagem e permanecer na liderança da competição.

O piloto paranaense Leandro Silva chega a Canelinha para defender a liderança na classificação geral da principal categoria, a MX1. Mas, o goiano, Wellington Garcia e o paulista Roosevelt Assunção, segundo e terceiro colocados, tentarão diminuir essa vantagem. Atual campeão brasileiro da categoria, o catarinense João “Marronzinho” Júnior ficou com o quarto lugar na etapa de abertura e agora espera desbancar os seus adversários contando com o apoio da torcida local.

Wellington Garcia também disputa a classe MX2 e terá que acelerar muito para segurar o primeiro lugar, já que os pilotos Swian Zanoni e Pipo Castro estão logo atrás e tentarão derrubar a vantagem do piloto goiano.

Na MX3, Cristiano Lopes briga pela segunda vitória no Brasileiro para se distanciar de Vagner Lachi e Mariana Balbi, segundo e terceiro colocados, na primeira etapa da competição.

A briga pela vitória na MXJr promete ser quente entre os pilotos Rodrigo de Castro Rodrigues, Gustavo Takahashi e Rodrigo de Andrade Santos, primeiro, segundo e terceiro colocados em Indaiatuba. Outro que promete ameaçar a festa do líder Rodrigo Rodrigues é o paulista Dudu Lima, quarto colocado na abertura do campeonato.

Richard Rezende Nunes pretende continuar na liderança da CRF 230cc, mas para isso terá que acelerar muito por que Murilo Tomazelli Scisci e Nivaldo José Viana também querem a primeira colocação em Canelinha.

Na 85cc, o vencedor da primeira etapa, Eduardo Leopoldo Rudnick quer continuar na ponta da tabela, mas logo atrás estão Thiago Formehl e Endrews Armstrong Nhemes, com o segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Na 65cc, Wilgner Francisco levou a melhor em Indaiatuba e lidera o campeonato. Mas Rodrigo Riffel e Pedro Henrique Rosa Bueno, segundo e terceiro colocados prometem não facilitar a vida de Wilgner. Assim como Gabriel Gomes dos Santos e Enzo Lopes – segundo e terceiro colocados -, pretendem não deixar o líder da 50cc, Guilherme Torres da Costa ampliar sua vantagem em Canelinha.

 

Programação

A programação para a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross começa com os treinos na manhã de sábado com corridas a tarde para as classes MXJr, 65cc, MX3 e 50cc; e no domingo entram na pista as categorias MX2, CRF230, 85cc e MX1, seguindo o mesmo procedimento de treinos pela manhã e baterias a tarde.

Os ingressos serão vendidos na portaria do motódromo, no valor de R$ 15,00.

 

 

 

 

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.