Federação Catarinense de Motociclismo

Temporada do estadual de Motocross chega
ao fim com grandes resultados
Texto: Bruna Wagner - Assessoria FCM - Fotos: Racecross.com

 

A cidade de Itapema recebeu a sexta e última etapa do Campeonato Pro Tork Catarinense de Motocross, no último final de semana (09 e 10). O evento aconteceu na sede do Itapema Off Road e decidiu os campeões da temporada 2019.

Os pilotos que levaram o campeonato foram: Jean Ramos (MX Elite, MX1 e MX2), Markolf Berchtold (MX3), Erivelto Nicoladelli (MX4), Rogério Schmitt (MX5), Leonardo Archer (Intermediária MX1), Olívio Gabriel (Intermediária MX2), Murilo França (Nacional), Gabriel Mielke (Júnior), Joaquim Dias (65cc) e Zion Berchtold (55cc).

No sábado e domingo, alguns treinos e briefing foram cancelados devido a chuva, para poupar a pista. Porém, isso não afetou o desempenho dos pilotos, isso porque a maioria das provas teve campeões de ponta a ponta.

Na MX1 e MX Elite, o campeão foi Pedro Bueno, que largou na frente e venceu as duas baterias. Jean Ramos não correu pela etapa, mas já tinha se sagrado campeão antecipado da temporada, na quinta etapa. “A temporada foi boa. No começo do campeonato, com a presença do Fábio Santos e do Pedro Bueno aconteceram várias disputas acirradas, principalmente na MX2. Já na MX1 e MX Elite, eu estava mais acostumado com a moto e consegui evoluir no campeonato, atingindo os objetivos que foram bem trabalhados dentro e fora da pista”, relata Ramos.


Pedro Bueno

 

O destaque da MX2 foi Henrique Henicka. O piloto largou em primeiro, conseguiu uma boa vantagem e venceu a prova. Henicka também correu pela MX Elite, largou bem e teve um bom ritmo na pista, mas terminou com a segunda posição.


Henrique Henicka

 

Markolf Berchtold, largou em segundo pela MX3, mas já na segunda volta conseguiu conquistar a primeira posição e foi campeão da categoria. “Foi uma temporada muito boa. Na verdade, não entrei nela focado em títulos, pois eu me dedico mais a treinar o piloto Vittor Hugo e o Zion (meu filho). Mas, sempre que posso, procuro andar de moto e estou muito contente com esse título”, comenta.


Markolf Berchtold

 

A prova da MX4 está em judice. Isso porque, na última volta o piloto Richard Berois que estava na ponta teve um apagão em sua moto e na sequência uma queda. Ao voltar para a pista, acabou batendo em Erivelto Nicoladelli e recebeu uma punição de 20s. Pelo ocorrido, os pilotos entraram com protesto e o resultado ainda está em análise.


Erivelto Nicoladelli

 

Quem faturou a prova e o campeonato pela MX5 foi Rogério Schmitt. “Para mim a temporada foi ótima. Ser campeão depois de 31 anos na categoria é maravilhoso. A prova do final de semana foi muito boa, com um autêntico motocross. Ano que vem promete muita disputa, pois tem vários amigos que já disseram que vão participar do campeonato e acho que a MX5 vai ser a principal categoria do estadual”, expressa.


Rogerio Schmitt

 

Leonardo Archer ganhou a prova do fim de semana pela Intermediária MX1 e também faturou o campeonato. “Estou muito feliz em conseguir voltar às corridas e terminar um campeonato. Pois, em virtude de duas cirurgias seguidas no joelho direito eu estava um bom tempo fora das provas. É muito gratificante ver que o resultado de todo esforço e dedicação me levaram a alcançar esse título”, conta.


Leonardo Archer

 

Já pela Intermediária MX2, quem faturou a prova e o título deste ano, foi Olivio Gabriel. “Foi um ano muito difícil pra mim, pois tive muitos problemas mecânicos correndo apenas três corridas com minha moto. Mas, graças a Deus deu tudo certo e consegui ser campeão da Intermediária MX2 e vice-campeão na MX2”, diz.


Olivio Gabriel

 

O campeão da Júnior, no final de semana, foi Gabriel Mielke. “Foi uma ótima temporada, no Brasileiro fui segundo empatando em número de pontos. Além disso, consegui fazer ótimas provas tanto no Brasileiro quanto no Catarinense, em um ano de muito treino e dedicação e agora estou colhendo os frutos desse trabalho”, expressa.


Gabriel Mielke

 

Na Nacional, o pódio foi formado por Agenor Varela, Pablo Michelmann e Murilo Lima França. França é o campeão da temporada 2019.


Agenor Varela

 

Na 65cc, os campeões da etapa foram Pietro Piroli, Joaquim Dias e Zion Berchtold. Dias é campeão da temporada. “A organização da prova e campeonato foram muito boas. Mesmo com chuva, que prejudicou um pouco a etapa, a bateria aconteceu e permitiu que os pilotos aproveitassem a última prova do ano”, relata Rogério, pai de Joaquim.


Pietro Piroli

 

Já na 55cc, o pódio foi formado por Zion Berchtold e João Legarrea.


Zion Berchtold

 

Você pode conferir o resultado completo da etapa aqui.

A prova teve apoio da Prefeitura Municipal de Itapema e o Campeonato Pro Tork Catarinense de Motocross teve o patrocínio de Pro Tork, Yamaha, bLUcRU e apoio de Geração Motos e Blade Energy Drink.

Confira os melhores momentos da prova

 

 


 
 
 
FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2019 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.